Tuesday, August 31, 2004

 

Regressou a casa a Senhora de Kazan

Senhora de Kazan regressou a casa
O papa João Paulo II é um dos maiores protagonistas da história deste princípio de século.
Ainda mal se recompôs da peregrinação que fez a Lourdes no passado dia 15 de Agosto onde uma multidão de 300 mil peregrinos o acompanhou à gruta junto ao rio Gave, onde Nossa Senhora apareceu a Bernardette Soubirous em 1858, Karol Wojtyla voltou a protagonizar um acto inédito, que foi a devolução do ícon de Nossa Senhora de Kazan ao Patriarca Alexis II. Este gesto, na expressão de João Paulo II é uma oportunidade para aproximar as duas igrejas separadas desde 1054.
O ícon, imagem do Menino Jesus a abençoar a sua Mãe, chegou a Fátima no dia 21 de Julho de 1970, onde esteve guardado na Domus Pacis a cargo do Exército Azul, posteriormente foi depositado no Vaticano que agora a devolveu à Igreja ortodoxa russa, em cerimónia que decorreu na Catedral da Dormição da Virgem, na Praça Vermelha em Moscovo.
Este ícon é profundamente venerado pelo povo russo, por isso se reveste de maior significado este gesto de João Paulo II.

Wednesday, August 04, 2004

 

A Fúria agora recai nas igrejas Iraquianas

Num país muçulmano e fundamentalista, como é o Iraque, era aguardada a fúria sobre a minoria cristã que vive naquele país. E já chegou, Domingo, dia 1 de Agosto, as igrejas de Bagdad e Mossul foram objecto de atentados terroristas que deixou a minoria cristã do Iraque em estado de choque, depois da morte de dezasseis pessoas em Bagdad.

Os cristãos vivem agora com a consciência de que são carne para canhão, mesmo depois do Vaticano e os principais lideres muçulmanos condenarem estes actos terroristas que são atribuidos ao representante da Al-Qaeda no Irão, Abu Musabe Al-Zarqawi. Com todos estes actos bárbaros começam a esquecer-se as tiranias de Saddam que ao que parece respeitou sempre a religião. A continuar assim, a vida no Iraque, qualquer dia começam os saudosistas a gritar "volta Saddam".

Entretanto, um grupo desconhecido auto-intitulado "Organização Planear e Acompanhar no Iraque" reivindicou os atentados como resposta à cruzada americana.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?