Friday, May 06, 2005

 

Celebrar a Comunicação Social

Nos tempos que correm, todos estamos atentos ao peso que a comunicação social tem na sociedade hodierna.
Basta parar há umas semanas atrás e logo damos conta do cuidado que cadeias de televisão, rádios e jornais tiveram para estar informados acerca da saúde de João Paulo II. Depois, com a morte, as celebrações fúnebres e a eleição do novo Papa, confirmou aquilo que o Decreto Inter Mirifica, o primeiro do Concílio Vaticano II, disse acerca destes meios “entre os maravilhosos inventos da técnica que o engenho humano, principalmente nos nossos dias… a Igreja acolhe os que abriram novos caminhos para comunicar”…
Estava dado o mote para uma Pastoral da Comunicação Social, que o mesmo documento no número 18 apela para a “celebração do Dia Mundial da Comunicação Social em todas as dioceses do mundo”.
Mais tarde a Instrução Pastoral Communis et Progressio vem situar definitivamente os meios de comunicação social numa perspectiva cristã, como factores do progresso humano.
De então para cá, todos os Bispos em suas dioceses têm dado o devido relevo a este sector tão importante para a vida da Igreja a que Paulo VI chamou os “novos púlpitos” por onde deve passar a mensagem da Igreja e da Palavra de Deus…
Entre muitas outras publicações, a Santa Sé nunca mais deixou de olhar para este sector: através do Concelho Pontíficio para as Comunicações Sociais publicou ainda a Aetatis Novae, a Ética da Publicidade, entre outros. E a Conferência Episcopal Portuguesa em 2002, publicou uma Carta Pastoral intitulada “Na Era da Comunicação Social”, em que lembra o porquê destes meios para a Nova Evangelização, alertando no fenómeno da Comunicação Social, que deve estar ao serviço do Homem e da sociedade, e na vasta acção pastoral no campo da Comunicação Social. E a terminar, a Conferência Episcopal lembra: “Reservamos uma especial palavra de reconhecimento e de estímulo a todos os que, lúcida e generosamente, procuram servir a causa da Igreja, recorrendo aos diversos meios de comunicação, designadamente a imprensa, rádio, televisão e internet”.
Neste Dia da Comunicação Social é importante conhecer o pensamento da Igreja neste campo onde apontamos com as nossas forças, e ter a certeza de que, se dar uma aula de catequese é evangelizar, utilizar os Meios de Comunicação Social não deixa igualmente de ser evangelização.
É com esta convicção que trabalhamos, assim os nossos receptores colaborem connosco para que, cada vez mais, utilizemos e bem estes poderosos meios que Deus colocou ao serviço da humanidade.

Thursday, May 05, 2005

 

Política à Africana

Kumba Yalá que foi deposto em Setembro de 2003 de Presidente da Guiné Bissau, já entregou a sua candidatura para as presidenciais de 19 de Junho próximo, caso venham a realizar-se.
Entretanto, João Bernardo Nino Vieira, exilado em Portugal, resolveu regressar à Guiné Conacri, e dar um salto de cinco dias ao seu país - Guiné Bissau. Uma vez na sua terra, foi recebido por diplomatas, pelo representante da ONU, pelos embaixadores de Portugal e de França, e foi euforicamente abraçado por Kumba Yalá, a quem admitiu poder apoiar às presidenciais.
Quem se não resigna é o líder da oposição, Silvestre Alves, do Movimento Democrático Guineense (MDG), que considera abusiva a visita de Nino Vieira a Bissau, sem autorização sequer para a entrada do helicóptero da Guiné Conacri que transportava também o primeiro-ministro guineense Carlos Gomes Junior, tendo reprovado a entrada de Nino Vieira, que considerou que entrou como “um mercenário”.
Não obstante a crise política na Guiné Bissau, o Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiro, numa visita relâmpago, injectou um milhão de euros ao governo Guineense em nome dos países da CPLP.
Também o presidente Lula da Silva, numa visita de quatro horas à Guiné-Bissau, ofereceu 400 mil euros, para reestruturar as forças armadas.
Quando em Portugal a Constituição ainda não permite a candidatura do descendente monárquico, o evoluir da política na Guiné Bissau dá cartas a Portugal. Ou será política à Africana?
S.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?