Friday, August 04, 2006

 

Portugal, País de brandos costumes

Há dias, um matutino noticiava uma rusga da inspecção económica a uma praia no Algarve, onde apenas dois dos muitos vendedores de Bolas de Berlim tinham certificado da Delegação de Saúde e onde foi apreendido o produto dos vendedores em falta... Quando se pensava que de então para a frente seria diferente, já que os ditos vendedores à laia de pregoeiros não se sabe donde, vão declamando lenga lengas, sem graça nem rima e cujos conteúdos ninguém sabe descodificar, como seja: “bola é morale, bolinha é bola, morale é gente!”, no dia seguinte voltaram ao seu posto de trabalho, vendendo as ditas bolinhas sem que apresentem o referido certificado da Delegação de Saúde autorizando a dita venda.
Flash dois: As noites naquela praia são invadidas por grupos de romenos que, em locais estratégicos, distribuem os infelizes – aleijados, mutilados, adolescentes com crianças ao colo, outras grávidas, crianças a tocar concertina e toda a sorte de malabarismos para chamar a atenção dos transeuntes e levá-los a deixar a desejada moedinha. Ao longe, em pontos estratégicos, estão os chefes da quadrilha... Portugal e o turismo nacional têm de dar outra imagem. Quem pode intervir nestes casos, que nada têm a ver com a idiosincrasia do nosso país, mas quem nos visita não sabe se são romenos, russos ou doutro país qualquer e partem com a imagem de um Portugal de pedintes e maltrapilhos percorrendo os locais onde há mais gente, logo os locais de mais turismo.
Flash três: Como se isto não bastasse, aqui em Évora, junto dos hipermercados, a cena é idêntica. Pedintes às portas, acompanham-nos até ao carro insistindo na moedinha. E mais tarde em nossas casas, aparece alguém com receita médica, pedindo para isto e mais
aquilo.
O nosso comentário nada tem a ver com direito que todos têm de viver. Mas o que queremos é que vivam com dignidade, estrangeiros ou nacionais, são pessoas com uma dignidade que temos de ajudar a reconquistar. E não é deste jeito que chegaremos lá.

S.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?