Thursday, November 23, 2006

 

Mediatismo na PSP

Há dias, com grande aparato, a PSP de Lisboa montou uma operação à entrada/ saída de Lisboa, para ver como era feito o transporte das crianças. Até aí tudo bem...
Só que a pouco e pouco, começam a levantar autos aos condutores das viaturas, porque não era cumprida a lei – ora porque o menino ainda não tinha 1 metro e tal, ou porque a idade era inferior, ou porque a cadeirinha estava mal segura, ou porque o cinto tinha de passar por baixo das pernas e não pela barriga, etc, etc...
No meio de tanta confusão, retive um pobre pai lamentando-se que só tem um carro de dois lugares e ao sair de casa tem de trazer a mãe e a criança, por isso este vinha ao colo da mãe. E zás!
Bem sabemos que dura lex sed lex. Mas pergunta-se à PSP se não poderia desempenhar um papel mais pedagógico? Quando há carradas de assaltos todos os dias, muitos deles por ausência total de forças de segurança que apenas se passeiam de carro quase sempre pelas mesmas artérias; quando há tantos cadastrados e criminosos à solta; quando há tantos ladrões à solta; quando há tanta gente ilegal e delinquentes sem trabalho, utilizando todos os meios para sobreviver; quando há tanta gente com medo de sair de casa porque ninguém os protege, porque será que a parte de lobo mau da PSP recai sempre sobre os automobilistas?
Não queremos a imagem do “papão” doutros tempos para os homens que nos devem proteger e que também eles são vítimas de violência... Mas provavelmente precisamos de mais forças militarizadas na rua que nos defendam. E a questão dos carrinhos e de segurança no transporte para a escola, que não deve ser abandonada, poderá ter outro tratamento mais pedagógico e menos mediático.
S.

Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?